Eu tinha e tenho um monte de coisas pra te dizer, daquelas coisas que a gente cala quando está perto.”
Caio Fernando Abreu.    
Eu quero de você o sorriso mais lindo, o abraço mais gostoso, a risada mais boba. Quero seus olhos mirando os meus, sua boca na minha, seu perfume em minha roupa. Quero chegar em sua casa bem cedinho, ir correndo pro seu quarto, e gritar feito louca um: “Acorda meu amor”. Quero ver você acordar com aquele rostinho amassado, virar pro outro lado e dormir novamente. Quero te ver dormir, te fazer carinho, te encher de beijinho até você acordar de novo. Dizer em voz alta que é domingo, e que a gente tem que sair. Você vai sorrir e mandar eu parar de ser escandalosa. Vai me beijar de bafinho, eu não vou ligar. Vai levantar, me olhar com aquela carinha de safado e me perguntar se eu não quero ir tomar um banhozinho com você, com a desculpa que vai me acordar também. Vou rir disso, te tacar o maior travesserio que eu encontrar. Você vai rir e andar pro banheiro sozinho. Vou programa nosso dia deitadinha na sua cama. Você vai me gritar do banheiro, dizendo que esqueceu a toalha. Vou dizer que não sou sua mamãe, mas mesmo assim vou te fazer esse favor. Irei na cozinha, farei seu cafézinho, esperarei sua boa vontade de descer para toma-lo. Tudo isso na certeza de que você não irá demorar, mas você me conhece, eu sou impaciente. Quando descesse diria que demorou mais de 2 horas pra colocar uma roupa. Você vai me chamar de exagerada, e que adoro um drama. Me beijaria de novo, e diria o quanto me ama. Eu faria um doce, até dizer que sem você não sei viver. Assim, porque não tem jeito. Não dá, realmente, eu posso até tentar. Mas o que eu quero mesmo é isso. Seus sorrisos, suas juras, suas promessas cumpridas, seus abraços, seus beijos, sua presença. O que eu quero mesmo, é você.”
Hugm-e, o que eu quero de você.     (via hugm-e)
tantas vezes
a dor inoportuna
me atinge o peito
e eu grito
queria tanto
parar de sentir
ser só carne e ossos
ser túmulos enfim”
Elisa Bartlett   (via thiaramacedo)
Eu queria lhe pedi desculpas pelas inúmeras vezes que só pensei em mim próprio e apaguei seu sorriso. Desculpa Hazel, eu fui um otário. A verdade é que eu não sei te ignora tão fácil então prefiro evitar contato. Tipo aquela vez que eu vi você passando na rua, eu fiz questão de mudar o caminho por que sabia que se eu sentisse seu cheiro eu terminaria te abraçando, e você sabe como isso termina. Eu nunca te disse ao certo o fato de ter acabado, mas você sabe, sempre souber. Não foi pro falta de amor, teve amor de sobra. Eu não pude continuar com isso, minha vida tá uma bagunça e eu baguncei a sua sem querer. A verdade é que eu achei que melhoraria tentando enfrentar tudo sozinho, me enganei. Você era sim minha melhor amiga, melhor companhia e namorada. Hazel você era melhor coisa da minha vida! Mas eu não tinha o direito de atrapalhar seus planos, de bagunçar tudo e nem queria ser mais um peso pra você. Por que era isso que eu estava me tornando, um peso. Eu não queria tanta coisa e uma delas era não te perder, mas eu fiz tudo do jeito mais errado do mundo. Hazel seu colo sempre vai ser meu abrigo preferido, seu sorriso sempre vai ser o mais lindo… Você sempre será minha casa mas hoje eu preciso dormir na rua.”
Hazel and Noah 
Te quero só às vezes. E esse “às vezes” acontece sempre.”
João Pedro Bueno.
O som de sua risada ao telefone me fazia soltar sorrisos bobos pelo resto do dia.”
Caroline sobre Noah. 
PROMISSE ©